27/04/2010

Mantos de Flores, encostas com beleza!

Autor: Isaias Cordeiro
foto brasil
DSC01123 CORES DA NATUREZA
Num regresso a casa e depois de tratados alguns dos assuntos que á Vila me levaram, na passagem por Zava apeteceu-me abrandar a marcha logo no inicio da descida para melhor apreciar a beleza que a Primavera nos proporciona em todos os campos aqui e ali salpicados das mais variadas flores silvestres num misto do verde – amarelo predominante.
Olhando para a serra até onde a nossa vista alcança vemos a paisagem que em nada se parece com a imagem de anos anteriores pois já nesta altura proliferavam incêndios sobretudo florestais. As chuvas vindas, contínuas e em quantidade quanto baste para dar vida a qualquer ribeiro ou riacho transformaram os solos em autênticos tapetes que a própria natureza se encarregou de tecer.
DSC01107Já na recta tive que parar! As modernices a isso nos obrigam já que não devemos conduzir cavaqueando ao telemóvel. Aí fui percorrendo com a vista pedaço a pedaço e fiquei surpreendido quando lá longe vi o que me parecia mais ser uma tela pintada por mãos hábeis do que a vista habitual de montes e vales.
Fui-me aproximando do local, conferi toda a beleza ali á minha frente, não hesitei em tirar umas fotos e partilha-las colocando-as á disposição dos leitores atentos.
Um amarelo totalmente silvestre, um verde sim que a mão do homem semeou e por ser em terrenos pertencentes a Vale de Porco que tem uma vasta comunidade tão bem recebida pelo País irmão levaram-me bem longe, Brasil! Porquê?
DSC01126 Imaginativa ou não e arco-íris naquela hora e tempo não era de certeza, pareceu-me ver a Bandeira do Brasil, estava lá mais abaixo ainda um pouco longe num rectângulo onde nem sequer faltam as oliveiras aqui simbolizadas pelo verde e amarelo. É verdade que não tem o disco azul ao centro mas tem Ordem no desenho e Progresso que são desejos de futuro melhor, estrelas cintilantes e a noite com uma pitada de Luar que mais parece o de Agosto.
Vale de Porco que por acaso é a aldeia onde a minha mãe nasceu tem como acima disse uma vasta comunidade no Brasil. Ela própria lá perdeu um irmão.
Ali se sentem felizes, trabalham, amam e são amados e merecem esta pequena referência dos que deste lado com eles partilham amizade. A Bandeira que retrato está visível por pouco tempo é certo, a natureza dar-lhe-á o seu término e encontra-se no meio da pequena recta depois do cruzamento no sentido de Castelo Branco.
A nossa Primavera fez jus em ofertar estas imagens aos conterrâneos de Vale de porco no Brasil.
Espero que lhes dê alento a todos e as imagens se para mais não valerem que perfumem ao menos o grande abraço que a todos envio.
Isaías Cordeiro

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...