10/11/2008

São Martinho

Este Santo nasceu no império romano – na cidade de Sabaria na antiga Panónia, hoje Hungria, entre 315 e 317. Filho de um legionário romano segiu os passos do pai na vida militar. Quando sua família se mudou para Pavia, foi estudante e entrou para o exército com 15 anos, tendo chegado a cavaleiro da guarda imperial. Seguia a tradição religiosa dos romanos da época devoto dos deuses que faziam parte da mitologia romana.

Porem em uma viajem a cavalo pela França numa noite fria e chuvosa de Inverno, às portas de Amiens (França), Martinho, viu um pobre com ar miserável e quase nu, que lhe pediu esmola. Como ele não levava consigo qualquer moeda, num gesto de solidariedade, cortou ao meio a sua capa (clâmide) e a entregou ao mendigo para o agasalhar e proteger do frio. Os demais soldados riram-se dele, porque perdera metade da capa. Conta a lenda que tão logo cortou a capa a chuva parou e os raios de sol irromperam por entre as nuvens.

Conta a lenda, que no dia seguinte Martinho teve uma visão e ouviu uma voz que lhe disse: «Cada vez que fizeres o bem ao mais pequeno dos teus irmãos é a mim que o fazes». E assim se converteu ao Cristianismo São Martinho. A história só não conta por que é que ele acabou ficando ligado ao prova vinho. Mas para não deixar passar a tradição aqui vão alguns ditados deste nosso santo tão querido e estimado nas adegas e pipos da paróquia.

- No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho.
- Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro.
- Dia de S. Martinho fura o teu pipinho.
- Do dia de S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o teu bornal.
- Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
- Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.
- Se queres pasmar teu vizinho lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
- Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.
- Pelo S. Martinho, prova o teu vinho, ao cabo de um ano já não te faz dano.
- Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho.
- Pelo S. Martinho semeia favas e vinho.
- Pelo S. Martinho, nem nado nem cabacinho.
- Jeropiga, castanhas e vinho fazem uma boa festa pelo S. Martinho.

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...