26/04/2012

Sabores albicastrenses

Autor: Marina Craveiro

Um festival de aromas e sabores albicastrenses.

Marina, Orlete, Dometília, Dulce, Maria,

Sabores e saberes albicastrenses, economicos e bolo preto.

ultimas 043 ingredientes selecionados com muito esmero Marina e Orlete preparam o "bolo preto". Cada ingrediente é na medida certa para compor esta deliciosa receita gastronomica albicastrense, que foi passada de mãe para filha. alquimia dos sabores e saberes albicastrenses Maria dá o toque pessoal na receita. Cada pitada tem seu motivo e porque, nada é por acaso nesta mistura de sabores. Marina e Orlete concentradas enquanto separam os ingredientes. o aroma de canela toma conta do ar... Marina a preparar  as raspas de laranja, o toque de aroma que faz o bolo ficar perfumado e com mais vida! Orlete e Marina preparam a massa. A mistura de ingredientes tem ciência tambem, há que fazer tudo a tempo e modos certos para que a massa fique aerada e de o toque final na hora que vai ao forno. Afinal o bolo preto tem que ser molhado intenso e com os "olhos da massa em formato de favos" quem já provou sabe.  Maria acrescenta o leite morno, para finalizar a massa. E aos poucos a farilha, ovos, açucar, canela, e o leite são misturados e encorpados na massa, está quase pronto. Mas nisso tudo tem o saber de muitas gerações. O ponto da massa e a combinação faz a diferença...

Maria dá o ultimo toque no forno. E dá uma conferida para ver se já está no ponto ou precisa de mais lenha. Forno frio deixa o bolo sovado quente demais torra a massa e deixa o bolo seco. O ponto do forno faz a diferença no resultado final da receita. Dulce, Dometilia e Marina, com as mãos na massa a preparar nas formas os econômicos. Massa espalhada, uma pitada de açucar por cima e está pronta a forma para ir ao forno dourar estas maravilhas que só as mãos albicastrenses fazem com tanta maestria. Econômicos: simples mas tão saborosos. Inconfundiveis Dulce e Dometilia, concentradas a fazer mais uma forma de economicos. O resultado final depois de ir ao forno. A massa cresce e o açucar cristaliza e deixa a massa crocante e tentadora. São servidos? Pudera, dá para sentir o aroma e o sabor só de olhar dá agua na boca... Marina orgulhosamente apresenta, uma fornada de "bolos pretos". Pena que a foto nao registra o aroma da massa quentinha. Fica a memoria olfativa de cada albicastrense a fazer a agua crescer na boca e a matar de saudades de uma fatia deles. A prova de que ficaram maravilhosos é de que nem elas aguentaram sem provar Orlete tira do forno uma forma de economicos no ponto. Hummmm tão bons... Querem provar?

Maria sempre a cuidar do forno e da fornada, nao se pode descuidar. O resultado final, ainda nas formas a esfriar para serem tirados sem quebrar um pedacinho sequer. Daqui a pouco vão sair de castelo branco com destino as casas das filhas, filhos e netos que moram nas cidades grandes. O sabor e o saber de Castelo Branco tem o gosto e o carinho  de mãe.

Fotos enviadas por Marina Craveiro 

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...