28/09/2008



2 comentários:

Anônimo disse...
A praça e as casas

Aida Freitas Ferreira disse...
Foi esta a praça que me viu dar os primeiros passos. Quantas voltas dava ao marco. Quantas vezes corria até à tia Cristina e vezes sem conta entrava e saia do sóto da Variza. De encontro aos animais que ao tanque viviam saciar a sede e eu olhava fascinada. Lembro da voz meiga da tia Marquinhas das Patas que me cuidava. Cuidado com os burros! Olha as vacas. Atrevida e ladina eu corria ao seu encontro. Queria tocar-lhes! Não havia medo que me afugentasse. Hoje lembro da casa da minha infância, das galinhas da tia Urbana. Quem se lembra dos dias em que o Sr. Lino fazia das estevas pasto para o estrume. Era festa na certa! Saltar do tractor. Rebolar pelo curral. Era tempo do Sr. Zé Tendeiro e da tia Glória. Café? Nã! De café só a taberna do "Moncas". Ainda lembro de espreitar à socapa pela fresta da porta. Era local proibido aos miudos! Lembro de uma praça diferente mas que muito me marcou pois pouco mais tinha que os meus 5/6 anos.
Outubro 08, 2008

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...