06/03/2012

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver do Universo...

 

Uma imagem vale por mil palavras!

Obrigado Sylvie pela partilha desta belissima fotografia.

 

Alto da solheira, foto de Sylvie Mendes Neto


“Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver do Universo...
Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer,
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura...
Nas cidades a vida é mais pequena
Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.
Na cidade as grandes casas fecham a vista à chave,
Escondem o horizonte, empurram o nosso olhar para longe de todo o céu,
Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,
E tornam-nos pobres porque a nossa única riqueza é ver.”

Fernando Pessoa  (Alberto Caeiro)

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...