07/01/2011

Serões na aldeia

Autor: Sara Ingueira

Na lareira da Noemia, há castanhas  a assar, tem chouriças, tem alegria e gente amiga a rodear, tem jerupiga, que maravilha...mais um serão animado a relembrar... Ola  a todos! Hoje passei para um breve texto que pode avivar boas lembrança de outros tempos. E para relembrar que ainda é possível resgatar essas mesmas emoções, no presente, para isso basta voltar a Castelo Branco rever as pessoas e o jeito de ser albicastrense.

Fomos passar uns dias a Castelo Branco. Há 36 anos não ia à apanha da azeitona à nossa terra, que por sinal foi abundante este ano.

Que maravilha... O rancho, a merenda, a fogueira, o fumo das folhas da oliveira a queimar na fogueira, os aromas, as historias etc. Tantas coisas boas que não vivia há tantos anos.

De volta a casa no fim do dia, a minha mãe, sempre tinha o cuidado de ter a ceia pronta. Pedi  que nos fizesse  a ceia como se fosse há uns anos atrás. Que Delicia… O pão que ela mesmo cozeu, as berças que já tantos anos não comia, os chichos da surça assados, milhos para nos lembrar que o Natal que se aproxima e os diospiros, única fruta neste tempo na nossa aldeia.

Para mim foi uma ceia de FESTA. Os dias que se seguiram, foram sempre comeres próprios desta época e pratos tradicionais, vagens secas com bulho, nabiças, grelos, rijoes,etc etc

Fizemos serão em família, amigos e vizinhos, sem televisão. Passamos as noites a escutar as historias do dia a dia e as que se passaram ao longo do ano. Pendurado nas lárias o assador fazia a boca encher de agua só de pensar. Mas alem de pensar, muitas foram as noites com a minha mãe a sacudir as castanhas em cima da labareda e todos de volta dela.

Não nos faltou a jurupiga, o licor a aguardente, que nos ajudaram a ficar mesmo quentinhos. Também fizemos torradas, comemos figos secos com nozes. Foram serões que não vou esquecer nunca, e com gostinho daqueles do meu tempo de criança. 

Também foi muito bom passear pelas ruas da aldeia com a chuva miudinha, o cheiro dos lumes acesos nas lareiras e o silencio da noite.

Sem dúvida este é o lado bom de visitar a nossa terra no Inverno

Abraço  S I

Apanha da azeitona em Castelo Branco Mogadouro 2010

Clique nas imagens para aumentar

Apanha da azeitona em Castelo Branco Mogadouro 2010 Apanha da azeitona em Castelo Branco Mogadouro 2010  Apanha da azeitona em Castelo Branco Mogadouro 2010 Apanha da azeitona em Castelo Branco Mogadouro 2010  Apanha da azeitona em Castelo Branco Mogadouro 2010 Apanha da azeitona em Castelo Branco Mogadouro 2010

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...