08/08/2010

Nossa poetiza Marina Craveiro

Autor: Luis Pardal
É uma agradavel surpresa descobrir mais uma poetiza  de nossa terra, Marina Craveiro. Seus versos aumentarão o rol de autores de Castelo Branco e mais uma vez fica clara a vocação de nossa aldeia como um berço de poetas e autores de primeira água.
Sensibilizou o carinho a estima com que ela brindou em versos a acolhida  da Revisita a Castelo Branco.do nossos queridos Arlindo e Cacilda.
O Arlindo enviou este e outros poemas que serão publicados no site e portal a partir de hoje em uma seção com o nome da Autora.
Senhoras e senhores, Arlindo Parreira, apresenta a estreia de nossa poetiza Marina Craveiro:
Chegaram a castelo Branco
Arlindo e Cacilda
Vieram  visitar
Os amigos e família
Vieram do  Canada
Para a sua terra Natal
Eles estão longe daqui
Por vezes da-lhe saudade

Eles são filhos da terra
Aqui nasceram e criaram
Partiram para o estranjeiro
E daqui se ausentaram

Procurar vida melhor
Era essa a intenção
Para darem bem estar aos filhos
Até  uma formação

É um casal muito querido
Toda gente lhe quer bem
Apesar de estarem longe
Não se esquecem de ninguém

Deus esteve do seu lado
Ajudou-os a ter sucesso
Mas quando bate a saudade
A sua terra regressam

Deixaram lá os seus filhos
E também já os seus netos
Tem que ir depressa embora
Que eles precisam de afectos.

Marina Craveiro

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...