16/03/2011

Comenda de Santa Maria a Velha de Castelo Branco de Mogadouro.

Autor: Luis Pardal

Sempre digo que a internet é uma aldeia grande sem fronteiras ou limites. Uma grande teia de computadores onde é possível encontrar de tudo ou quase tudo o que se quiser. É só procurar, tudo está à distancia de um clic apenas.... Pronto chegamos lá...  Mas também é um lugar de boas e gratificantes surpresas como esta que quero lhes apresentar.

Tudo começou com a indicação pelo, Manuel A. Carlos,  de um artigo sobre a comenda de Santa Maria a Velha de Castelo Branco, publicado no site de Remondes. Ao fazer contato com o autor, Antonio Cordeiro, mais uma grande surpresa no e-mail com a resposta e a autorização de publicação: “...não tem problema algum em publicar o que quiser. Castelo Branco era a terra de meus avôs os Neves Ferreira”

Portanto mais um conterrâneo chega ao site e nos brinda com o resgate de um pedaço importante da história de nossa terra.

Quero expressar em nome de todos nosso agradecimento ao Antonio Cordeiro pela autorização de publicar este artigo aqui no site e blog de Castelo Branco.

Abraço a Todos

Luis Pardal

 

Historias da nossa terra

Artigo publicado no site: www.remondesonline.com

Quarta feira, 09 Março 2011 as 16:04h | Escrito por Antonio Cordeiro

 clip_image001

Subsidios para a história da nossa terra.

Carta enviada pelo príncipe regente, do reino de Portugal e dos Algarves, e do mestrado de cavalaria, ordem de nosso senhor Jesus Cristo. Faço saber, que o pároco e moradores de santa Catarina de Remondes , filial da comenda de Santa Maria a velha de Castelo Branco de Mogadouro, me disseram que a comenda dava ao pároco da dita Igreja de Remondes uma limitadíssima côngrua , com a qual não podia sustentar-se , e muito menos pagar renda de casas e um criado e decima; tendo alem disto, obrigação de dizer as Missas, nos Domingos, e dias santos, propondo: por cujos motivos anteriores em visto tempo obrigar o ordinário a quem a fosse curar.Pedindo-me fosse servido aumentar a côngrua da dita igreja ou Curato.O que visto; informação que procedeu do Provedor da Comarca, respectiva e a resposta que deu o Desembargador procurador Geral das Ordens e que tudo o mais presente em consulta do meu tribunal da mesa da consciência e ordens, dei por bem e me praz fazer mercê de aumentar a côngrua do curato da Igreja de Santa Catarina de Remondes, filial da Comenda de Santa Maria a Velha de Castelo Branco de Mogadouro, com mais 80 milreis cada ano, que serão pagos pelo rendimento da comenda respectiva com vencimento dia 11 de Agosto do ano próximo passado 1803 em diante , os cobrara o cura que mostrar que serviu com efeito o mesmo Curato desde aquele tempo.

Para o que requerera, primeiro, ao meu tribunal de ajuntamento do referido novo aumento conforme as minhas reais ordens, se cumprira sendo passado pelo balancete da Ordem. E seja registado nos livros da Igreja, e do Tombo da Comenda e não paga três quartos por ser Curato amovível.

Lisboa 17 de Fevereiro 1804.

Resposta do Comendador da Ordem.

Alvará porque V. Alteza Real. Hei por bem aumentar a Côngrua do Curato de Santa Catarina de Remondes , filial da Comenda de Santa Maria a Velha de Castelo Branco do Mogadouro, com mais 80 mil reis cada ano, com vencimento no dia 11 de Agosto do próximo ano , como Sua Alteza real pede, cobrara o Cura que mostrar ter servido o Curato , como acima se declara.

Actualizado em (Domingo, 13 Março 2011 22:16)

Antonio Cordeiro

Site de Remondes. www.remondesonline.com

(clique na imagem para seguir o link para o site)

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...