12/03/2011

Mapa do site

Autor: Luis Pardal

clip_image002

Inseri na pagina do blog um mapa que mostra a localização das pessoas que a visitam. Confesso que gosto de passar por ali de vez em quanto para olhar e ver de onde chegam os visitantes que são em média 45 diariamente.

A cada artigo que é publicado chega uma nova revoada. Parecem pardais a voar nas eiras por cima das medas de volta dos molhos de espigas, prontos para se fartarem dos grãos de trigo, cevada, ou centeio.

Nesta geografia, alguns ficam fáceis de identificar e de saber quem são pela singularidade da localidade onde residem. Canadá por exemplo, é nosso Grande Regedor, ou de Florianópolis, sou eu o Luis Pardal, mas da grande maioria só posso imaginar quem esta por detrás daquele ponto no mapa.

Não somos tantos, e apesar de estarmos espalhados pelos quatro continentes, deste mundo que parecia tão grande e que cada vez mais parece uma aldeia, temos laços muito fortes que nos unem e que nos fazem únicos. Somos albicastrenses, e nos orgulhamos muito disso. Nosso “povo” é a nossa referência. Partilhar lembranças e memórias é dar vida e reviver momentos felizes e relembrar amigos.

Por isto gosto de olhar com curiosidade as estatísticas do blog. O Google criou uma sistemática fantástica de coleta de dados que anota e traça todos os movimentos. De onde viemos para a página, quanto tempo ficamos a ler os artigos, quantas vezes voltamos para reler ou ler o que ainda não tínhamos lido. Mas apesar destas estatísticas o Google não sabe dizer quem são as pessoas que por aqui passam. Nem tão pouco nos fala a respeito delas.

A pensar nesta falha do Google e na forma de melhorar as informações, resolvi escrever este artigo. Quero fazer um convite, a cada um que passar por aqui. Mande um oi, um olá. Não importa se é natural de Castelo Branco ou, apenas um simpatizante, vamos cadastrar todos os visitantes e fazer um fórum. Será nosso albibook que nos permitirá reencontrar amigos ou refazer contatos.

Se queremos saber de algo fazemos a pesquisa no Google. Se precisamos saber como chegar em algum lugar ou endereço, procuramos no Google Maps. Se queremos encontrar alguém, vamos ao facebook ou a outras redes sociais. Tudo está à distância de um clique apenas! Muito rápido, muito perto!

Sinal dos tempos… Meu Deus, que diriam os antigos?

São mares nunca dantes navegados, mas, que também nos permitem estar mais próximos dos lugares e das pessoas que amamos. Minha mãe sempre me dizia que quem vê seu povo vê o mundo todo, e ela estava muito certa. As coisas não são tão diferentes nos outros lugares se desconsiderarmos as proporções. Partilhem também um pouco da vida e dos lugares onde moram.

Enviem e-mails para: luispardal@castelobrancomogadouro.com Dizendo, quem é, onde mora, e-mail, skype, Etc

Abraços

Luis Pardal

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...