29/04/2010

Um “ranhadouro” albicastrense.

Autor:Alberto Paulo

Sobre o portal “Revisitando Castelo Branco”.

Há relativamente poucos anos, falarem-me em computadores era como se me falassem em bruxas. Não suportava estas novas tecnologias, embora compreendesse os seus benefícios. Só agora, depois de reformado, e porque gosto de escrever de vez em quando, e as máquinas de escrever à muito que passaram à história, pensei adquirir um computador.
Ainda bem que o fiz. Hoje, acho que tenho o mundo em casa.  E se tenho o mundo, também tenho a minha aldeia, CASTELO BRANCO que eu tanto amo, suas ruas, suas gentes, seus lugares, que eu faço questão de percorrer sempre que lá vou. Já fui ao Rebolal, Olgas, Pombinhas, Cascalheira, Boubedo, Carvalhal … Onde existe agora uma linda lagoa que eu aconselho a visitar.
Mas em casa tenho também o PORTAL DE CASTELO BRANCO, que eu me atrevo a chamar de PORTALMANIA ALBICASTRENCE.Isto porque quando me encontro com alguém que já não vejo à algum tempo, depois dos cumprimentos da praxe, lá vem a pergunta. Já foste ao portal de CASTELO BRANCO? Tem lá coisas novas.E lá ficamos nós a falar da nossa querida aldeia, isto é bom, é como se um ranhadouro reactivasse as brasas meio apagadas do forno. Assim a nossa memória vai sendo reactivada ao ver fotos lindas nas quatro estações do ano.
Ver fotos antigas como tem acontecido ultimamente, e espero que mais pessoas abram o seu baú e nos presenteiem com essas relíquias.
Ler crónicas e comentários como as do nossa amiga Sara e as do o amigo Isaías que numa delas deixaram muita gente com água na boca quando falaram nas merujas.
Do Arlindo, o nosso Regedor que nos esclareceu como eram passadas algumas noites de convívio, graças à falta de televisão e à morte súbita dos perus e pitas.São estas e tantas outras crónicas e comentários que enriquecem o PORTAL que trás unida toda uma comunidade espalhada pelo mundo.
É hora de agradecer ao poeta, escritor e fundador deste PORTAL. O nosso muito obrigado pelo tempo que nos tens dedicado.
Alberto Paulo
Desde 2007 a falar da nossa terra e a reunir amigos...No começo era só para matar as saudades do autor, mas aos poucos começaram a chegar os amigos.Os assuntos cresceram... as saudades aumentaram... e as novidades ficaram cada vez mais frequentes.E o portal começou de facto a reunir os amigos para falar da terra e matarem as saudades. Felizmente e com a participação de todos continua a crescer e a reunir mais e mais amigos...

Artigos interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...